quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Trufas

Olá a todos,

Ontem comi uma trufa de chocolate e em conversa com o meu marido tentámos saber o porquê de se chamar assim e do que era feito. No entanto, não chegamos a um consenso e por isso fiquei tentada a pesquisar e a descobrir do que se tratava.

Assim, descobri que trufa em culinária e em doçaria são duas coisas completamente diferentes e que em comum apenas têm o feitio e o tamanho, nada mais.

Em culinária:
trufas brancas

Trufa, é um género de fungo, que nasce a uma profundidade de 20 a 40 cm, próximo de castanheiros e carvalhos. A colheita é feita através de porcos ou cães treinados para as localizar através do olfacto.

Existem trufas brancas que são provenientes de Alba, uma pequena cidade italiana localizada entre Milão e Turim e trufas negras provenientes de Périgord, uma região francesa.

As trufas brancas por serem muito apreciadas podem custar 15 mil euros o quilo e são utilizadas para acompanhar massas, rissotos e ovos fritos.

As trufas negras não têm um aroma tão acentuado como o das trufas brancas, são mais espessas e resistentes ao manuseio, sendo por isso mais baratas - 700 euros o quilo.


|informações retiradas da Wikipédia|

Em doçaria:

trufas de chocolate

As trufas de chocolate são feitas essencialmente de chocolate e têm um recheio constituído por chocolate, leite condensado, conhaque e podendo ainda ter noz, avelã, licor ou frutas. Estas podem ainda ser cobertas por cacau em pó, como na imagem.

As trufas de chocolate receberam este nome, pois o seu tamanho e cor é muito idêntico ao da trufa. E ainda pelo facto, de ao ser recolhida a trufa vir envolta em terra e assim assemelhar-se muito à trufa de chocolate envolta em cacau em pó.

Um beijinho,

Silvie